Você está aqui Home » Noticias e Destaques » Eventos » Eventos Antigos » RALI BAÍA AZUL

RALI BAÍA AZUL

print
email
RALI BAÍA AZUL
Foto: allevents.in

A terceira jornada do Campeonato Angolano de Rali Raid (CARR), designada “Rally Baía Azul”, que se disputa no próximo dia 28, em Benguela, pode ficar marcada pelo aumento do número de pilotos, perspectivou o promotor Pedro Cristina.

A terceira jornada do Campeonato Angolano de Rali Raid (CARR), designada “Rally Baía Azul”, que se disputa no próximo dia 28, em Benguela, pode ficar marcada pelo aumento do número de pilotos, perspectivou o promotor Pedro Cristina.
A competição é disputada nas classes TT (jeep e carrinhas), M (motos de duas rodas), Q (moto quatro rodas) e E (Buggies e Polaris), com a participação de pilotos das províncias de Luanda, Huíla, Namibe e Benguela.
O dirigente desportivo faz esta antevisão a julgar pelos números nas duas rondas anteriores, embora de forma tímida, mas que servem de indicativo positivo para a organização. Os regulamentos do CARR 2016 exigem a participação mínima de 12 concorrentes entre as quatro classes. No Namibe foram 12 pilotos e na Baja de Quilengues houve aumento de um.
“De certeza que na Baía Azul haverá mais competidores, pelos rumores que chegam a mim. Vamos contar com a parceria do Grupo Adérito Areias (GAA) e da Associação Provincial dos Desportos Motorizados de Benguela”, disse optimista Pedro Cristina.
O actual momento de austeridade financeira está na base da redução de participantes, por causa dos custos de manutenção das máquinas em qualquer disciplina do desporto motorizado, mas apesar disso, Pedro Cristina acredita que dias melhores virão. A terceira edição da Baja TT de Quilengues, pontuável para a segunda jornada do CARR, ficou marcada pelo número de espectadores das localidades que se apresentaram ao longo dos 50 km da “Especial”. A classe M teve a participação de cinco pilotos provenientes do Namibe, Benguela e Luanda, mas houve quatro desistências, sendo duas por despiste e outras duas por avaria mecânica. Ludy Chaves, ao volante de uma Husqvarna, só teve de cortar a meta.
Apesar de correr sem opositores, a dupla da classe TT, Maló Almeida e João Paulo, na sua Isuzu D Max 3.0 TD, imprimiram um ritmo muito elevado, quer no Prólogo quer nas duas primeiras passagens da Especial de 53 km.
Luís Abrantes (Polaris 900) começou por estudar o percurso na primeira  passagem e depois disso bateu a concorrência e garantiu a vitória. Bruno Pegado estreou um Buggie “Made in Angola”, baptizado por “Pegado Ombdja”. Teve pequenas avarias no princípio, mas terminou no terceiro lugar do pódio. José Eduardo Panda também teve um mau arranque, mas acabou bem com um “excelente” segundo posto.



Local: Baía Azul

Data: 28 de Maio

Fonte: Jornal De Angola

Localização


Alojamento

Hoteis em Lobito

Erro
There is a problem with the owner of hotel 98! (ERROR14)

Segue-nos no Facebook

Cesto Encomendas

Cesto está vazio
Cesto está vazio
http://destinobenguela.com/inner.php/ajax
D4 - Hoteisangola
Module login can be displayed only 1 time!
Copyright © Destinobenguela.com 2017 - All Rights Reserved.